PADROEIRA

maria

foto4

 

História da Medalha Milagrosa

Em novembro de 1830, na capela das Irmãs Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo, em Paris, a noviça Santa Catarina Labouré presenciou a aparição de Nossa Senhora das Graças. A Virgem apareceu sobre um globo esmagando com os pés uma serpente e disse: “Este globo que vês representa o mundo inteiro e cada pessoa em particular”. Neste instante suas mãos se estenderam, derramando sobre o globo, raios de luz: “E Estes raios são o símbolo das graças que Maria Santíssima alcança para os homens”. Desapareceu, então o globo que tinha nas mãos, e os raios inclinaram-se para a terra em atitude amorosa. Formou-se em volta da Santíssima Virgem um quadro oval, no qual se liam estas palavras que cercavam a mesma Senhora: Ó MARIA CONCEBIDA SEM PECADO, ROGAI POR NÓS QUE RECORREMOS A VÓS.

Ouvi, então, uma voz que me dizia: “Faça cunhar uma medalha por este modelo; todas as pessoas que a trouxerem receberão grandes graças”. Então o quadro se virou e no verso apareceu a letra “M”, monograma de Maria, com uma cruz em cima, tendo um terço na base; por baixo do “M”, os dois Corações, de Jesus e de Maria; o de Jesus, com uma coroa de espinhos e o de Maria atravessado por uma espada; contornava o quadro uma coroa de doze estrelas.”

Download da Novena

Comunidade Nossa Senhora das Graças
CELEBRAÇÕES
Seg. à Sexta-feira 19h
Sábado 19h
Domingo 07h/ 10h/ 19h
SECRETÁRIA
Seg. à Sexta 09h às17h30
Sábado 08h às 11h
PADRES
Terça à Sexta - 15h às 17h30
Obs.: Quem não puder buscar atendimento nesses horários, por questão de trabalho ou similar, poderá marcar outro momento na secretaria que seja possível para ambas as partes.
Av. Minas Gerais, 1.510 - Nossa Senhora das Graças
(33) 3271-7396 | (33) 8815-5426